Buscar
  • PrimeGlobal

Programas de Fidelidade podem oferecer uma ajuda ao setor de turismo.



O que estamos vendo no momento são os programas de fidelidade estendendo o status de passageiro frequente e também não deixando suas milhas venderem, afinal nenhuma empresa quer perder a conexão com os clientes agora.


Nas últimas semanas, muitas empresas - incluindo Marriott, United Airlines, American Airlines, Hilton entre outras- tornaram mais fácil a qualificação para status elite ou superior.

À medida que países e estados se abrem gradualmente, as companhias aéreas precisarão atrair clientes para voar e os hotéis estarão lutando por estes consumidores, portanto, será muito grande a "corrida" das empresas por oferecerem melhores benefícios e atraírem novos clientes fieis ou passageiros frequente.

As ações bem feitas neste momento não só vão ajudar nesta retomada da economia como devem ser um grande fator de aquisição de novos clientes para o futuro dos negócios.

Algumas grandes empresas do setor de turismo começam a formatar parcerias com empresas que realizam projetos e viagens de Incentivo, pois conquistar um grupo neste momento do mercado, seria um grande negócio para ambas as partes. À medida que as promoções de incentivo a viagens se acumulam, aviões, hotéis e resorts começarão a se encher.

Para os viajantes frequentes com já possuem ou vão acumular mais pontos de sobra, devem se utilizar mais deste benefício diante de uma crise econômica, dizem os especialistas.


A "beleza" das milhas, nesses tempos de incerteza, é que o dinheiro vivo em sua conta é definitivamente mais importante, se você tiver milhas, usá-las para viajar permitirá que você economize seu dinheiro, e pelo lado das empresas, receber através de milha será uma ótima oportunidade de se relacionar e aproximar dos seus clientes fiéis.

À medida que os países começam a reabrir e o setor de hospitalidade começa a se recuperar lentamente, os programas de fidelidade precisarão manter um equilíbrio de recompensas relacionadas às viagens e aquelas que podem ser desfrutadas em casa.

Em uma pesquisa recente com executivos que usam estes programas de fidelidade, 84% consideraram que a inclinação dos pontos versus o dinheiro seria uma preocupação assim que a recuperação começar, e permitir aos clientes mais oportunidades de resgatar pontos será crucial para impulsionar o engajamento e ajudar os resultados finais dos programas.


Os programas de fidelidade podem encontrar neste período de crise uma grande oportunidade, de transformar seu programa de "acumulo" ou seja longa duração, para um programa com impactos mais curtos, por exemplo um “Everyday Rewards” com propostas sociais, culturais e que ajudem o mercado de hospitalidade, com recompensas diárias ou por engajamento, não importa a quantidade de pontos, neste momento o que realmente importa ao consumidor é ver as marcas com quem eles se relacionam, estarem presentes fazendo o bem e ainda assim gerando pontos.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2020 by Prime Global Services Corp.

#beprime

whatsapp-icone-1.png